Psicologia · Questões de prova

Cuidado e Responsividade Parentais

Por: Clara Mendes

Este é um resumo feito por mim do Capítulo 9 do livro “Cuidado e Responsividade Parentais: uma análise a partir da Teoria da História de Vida e a Teoria de Investimento Parental na disciplina “Psicologia Evolucionista” do 3º semestre de Psicologia. 

A Teoria da História de Vida relata comportamentos envolvendo custos e benefícios de esforços somáticos e reprodutivos. Já a Teoria do Investimento Parental enfatiza que certos comportamentos ao mesmo passo que aumentam as chances de sobrevivência da prole, pode diminuir a probabilidade de os genitores iniciarem a produção de uma nova prole. Para determinadas espécies de animais o tempo pode ser investido em esforço somático, onde o potencial reprodutivo é alcançado pelo investimento do organismo em seu crescimento, desenvolvimento e manutenção; esforço de acasalamento na qual ocorre à procura de parceiros para o surgimento de novos animais; e o esforço parental é o cuidado exercido com esse novo ser vivo. Na Teoria do Investimento Parental são apresentados comportamentos diferentes de acordo o sexo no investimento com a progênie, visando o sucesso individual da reprodução. A primeira etapa da reprodução é a escolha do parceiro para acasalar, o que evolui junto com o investimento parental. A produção das células sexuais já pode ser considerada uma forma de investimento parental. No cuidado parental, há a incerteza da paternidade. Por isso, em algumas espécies, o macho continua com a fêmea depois da fertilização, aumentando assim a probabilidade da próxima prole ser sua. De acordo o grau de desenvolvimento dos filhotes ao nascer, o cuidado parental pode ser classificado em três categorias: altricial, precoce e semi-altricial. No primeiro a gestação tem período curto e o filhote nasce com algumas deficiências e tem alguns sistemas pouco desenvolvidos. No padrão precoce o período de gestação é maior e a prole apresenta sistemas visual, auditivo, termorregulatório e motor bem desenvolvidos. Está geralmente relacionado à poligamia e ao alto investimento materno. No padrão semi-altricial o período de gestação é longo e o recém-nascido apresenta capacidades de efetuar algumas tarefas, mas necessitando de um adulto para executar outras, que são essenciais para sua sobrevivência. A presença do pai aumenta a possibilidade de sobrevivência da prole, em várias espécies, sendo muito importante a presença deste. O comportamento paterno sofre grande influencia da relação com a mãe, indicando que o cuidado com a prole inclui esforços de acasalamento. No padrão altricial e semi-altricial os cuidados paternos se tornam mais frequentes, o que está associado à monogamia e trás um retorno positivo ao desenvolvimento dos filhotes.

Referência: VIEIRA, Mauro Luís; RIMOLI, Adriana Odália. PRADO, Alessandra Bonassoli; CHELINI, Marie Odile Monier. Cuidado e Responsividade Parentais: Uma Análise a Partir da Teoria da História de Vida e da Teoria do Investimento Parental. In: OTTA, Emma; YAMAMOTO, Maria Emília. Fundamentos da Psicologia: Psicologia Evolucionista. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2009. Cap. 9, p. 86-95.


Amores, eu sei que estou merecendo uma surra bem dada pela minha falta de compromisso com o blog e me surpreendi verdadeiramente pela as visualizações estarem subindo mesmo sem eu estar ativa aqui. Portanto, para suprir a minha ausência e aproveitar as minhas férias da abençoada faculdade, durante um mês estarei postando 3 vezes por semana (às segundas e quartas-feiras e no sábado). Espero que gostem e agradeço pelos +1.000 seguidores no meu perfil do Instagram. Amo vocês. ♥

Me siga nas redes sociais: 

Instagram: m.clara_araujo                                                Facebook: Clara Mendes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s